vesícula biliar

6 doenças que atingem a vesícula biliar

A vesícula biliar é um órgão próximo ao fígado, cuja função é armazenar a produção do suco biliar, que ajuda na digestão de alimentos gordurosos. Como qualquer órgão do corpo, a vesícula pode ser atingida por diversas doenças, resultando no mal funcionamento do organismo. Geralmente o organismo responde a essas doenças emitindo sintomas como, por exemplo, dor, náusea, vômito, febre e amarelamento na pele. Veja em seguida algumas das doenças mais comuns que atingem a vesícula biliar.

1. Vesícula biliar disfuncional

Quando se torna ineficiente, a vesícula biliar é caracterizada como disfuncional. É uma condição desfavorável, pois o intestino fica sobrecarregado, com muita gordura. Os motivos de disfuncionalidade são definidos no diagnóstico, visto que são vários os fatores que comprometem a liberação da bile, o que origina os primeiros sinais de doença. Geralmente a disfunção inicia-se por fatores genéticos ou idade. Favorece, então, a evolução de doenças crônicas na vesícula.

2. Colecistite

Na maioria dos casos, é durante o bloqueio da bile, que sai da vesícula, que se origina a colecistite. Ocorre um leve acúmulo, o que é uma das formas de iniciar uma grave inflamação. A colecistite é a vesícula inflamada e tem sinais como dor na parte superior direita do abdômen, náusea bem como vômito e febre. A forma de prevenção é manter hábitos saudáveis como prática de atividade física, dieta e sono de qualidade. Sobrepeso aumenta a probabilidade de desenvolver cálculos biliares.

3. Colangite esclerosante primária

A colangite esclerosante primária é uma doença que altera negativamente o diâmetro dos ductos, devido à cicatrização de inflamações anteriores. O processo inflamatório provoca o estreitamento do canal da bile, dificultando a passagem dessa substância. Dessa forma, podem-se desenvolver outras doenças na vesícula e no fígado. Os sintomas são estado de fadiga exacerbado, febre, calafrios e icterícia.

4. Esfíncter de Oddi

O esfíncter de Oddi é uma válvula localizada no fim do ducto, que mantém contato com o intestino. Tem a função de controlar naturalmente o fluxo da bile. Quando ocorre algum problema nessa válvula, surge um refluxo do líquido obstruindo-se a passagem da bile. Essa condição pode, então, resultar em dor e desconforto na região superior direita do abdômen. Em alguns casos pode haver quadros de febre.

5. Discinesia biliar

A discinesia biliar desenvolve-se a partir da incapacidade da vesícula de se mover na frequência adequada, a fim de levar a bile através dos ductos até o intestino. Indivíduos com essa condição apresentam dor na região da vesícula, bem como náusea, vômito e dor nas costas.

6. Câncer da vesícula biliar

O câncer na vesícula é uma manifestação da reprodução descontrolada das células que comportam a vesícula. Essa reprodução, no entanto, é silenciosa. Os sinais e sintomas aparecem geralmente em um estado avançado da doença. Eles são perda rápida de peso, inchaço abdominal, fadiga e febre. Contudo, são sinais comuns a outras patologias. Por isso, deve-se procurar atendimento médico, independentemente dos sintomas, para fazer um tratamento adequado, caso seja necessário. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp