refluxo

5 dicas para amenizar o refluxo

Amenizar o refluxo é uma da primeiras alternativas clínicas para melhorar o quadro de azia e inflamações no esôfago. A luta maior das pessoas acometidas são os próprios hábitos, pois muitas atividades cotidianas atuam contra a saúde de quem apresenta algum distúrbio no processo digestivo. As causas do refluxo variam de acordo com cada pessoa. No entanto, uma simples mudança de hábito, em alguns casos, pode minimizar o problema e favorecer a prevenção ou mesmo o tratamento cirúrgico. Em seguida, há 5 dicas que atenuam o refluxo da melhor maneira.

1. Mantenha o peso corporal adequado

Obesidade e peso corporal acima do normal são fatores que facilmente aumentam os episódios de refluxo. Isso acontece pelos simples fato de que a gordura abdominal parece influenciar na pressão do abdômen, aumentando o refluxo. Por isso, a mudança de hábitos alimentares é fundamental, juntamente com a prática orientada de exercícios físicos. São as primeiras sugestões para se manter um peso adequado e saudável, com o intuito de diminuir a circunferência abdominal, o que abranda o refluxo.

2. Aguarde 2 horas depois de comer para se deitar

Assim que o estômago recebe o alimento, começa a produção de ácido gástrico, que faz parte do processo digestivo. Quando nos deitamos, a tendência do ácido estomacal é retornar para o esôfago com mais facilidade, devido à lei da gravidade. Não aguardar algum período seria a mesma coisa que encher uma garrafa de água, não fechar corretamente e deixá-la na posição horizontal. Por isso, evite se deitar antes de 2 horas após as refeições ou após ingestão de grande quantidade de líquido.

3. Alimente-se adequadamente

O estômago é um compartimento onde o ácido gástrico começa o processo de digestão. O funcionamento ocorre conforme a quantidade e a qualidade dos nutrientes. Quando ingerimos alimentos com excesso de gordura, maior é o tempo do processo digestivo. Aumenta-se, então, a probabilidade de o ácido gástrico voltar para o esôfago. Dessa forma, ter uma rotina alimentar controlando o consumo de gorduras é fundamental para amenizar o refluxo e melhorar a saúde da válvula esofágica.

4. Evite comer em excesso

A quantidade de alimentos a serem digeridos em uma única refeição está diretamente ligada com a atividade e o tempo de digestão primária dos alimentos. Comer menos significa que a produção de ácido será menor e, além disso, o estômago passará menos tempo com comida. Ainda que os alimentos no prato sejam saudáveis, comer em excesso aumenta as chances de acontecer o refluxo.

5. Mantenha uma boa postura corporal durante e após uma refeição

A postura corporal está relacionada com a lei gravitacional em relação aos alimentos, que ficam no estômago logo após as refeições. Assim sendo, evite ficar curvado para frente, como se fosse amarrar o cadarço do tênis. Em vez disso, faça uma leve caminhada, mantendo a postura sempre vertical, deixando o estômago livre de pressões por postura inadequada. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp