cirurgia bariátrica

Qualquer pessoa pode realizar a cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é uma solução que proporciona benefícios que vão além da estética. É um procedimento que tem a finalidade de reestabelecer a saúde e contribuir para prevenir diversas doenças causadas pelo sobrepeso. 

Mesmo sendo uma cirurgia cada vez mais comum, existem condições e requisitos básicos para que o paciente possa ser submetido ao procedimento. Dessa forma, o acompanhamento médico e uma análise detalhada do quadro é indispensável. 

Mas afinal, qualquer pessoa pode fazer a cirurgia bariátrica? É uma pergunta recorrente e que precisa ser esclarecida. Para ajudar você a entender melhor, confira neste post quem pode e quem não pode realizar a cirurgia! 

Quais os benefícios da cirurgia bariátrica? 

Basicamente, a cirurgia bariátrica consiste em técnicas para reduzir o tamanho do estômago, com isso, também reduz o peso e quantidade de alimentos ingeridos. Os resultados são satisfatórios e eficientes para pessoas que tem o índice de massa corporal alto. 

Além da perda visível e significativa de peso, a cirurgia bariátrica contribui para melhorar questões estéticas, que são um dos fatores que pesam na hora de decidir passar pelo procedimento. 

Os benefícios para a saúde são expressivos, seja física ou psicológica, tais como: 

  • asma;
  • aumenta a autoestima;
  • colesterol alto;
  • diabetes;
  • hipertensão arterial;
  • insuficiência cardíaca;
  • insuficiência respiratória;
  • melhora a mobilidade física;
  • melhora na interação social;
  • reduz o risco de depressão.

Para quem a cirurgia bariátrica é indicada? 

Para fazer a cirurgia bariátrica é que o quadro de saúde atenda critérios básicos, que são avaliados para garantir a eficácia do procedimento e a segurança do paciente. É importante salientar que a cirurgia é realizada como tratamento de uma doença, e mesmo que sejam beneficiados, não tem objetivos estéticos. 

O primeiro ponto a ser avaliado é o Índice de Massa Corporal —IMC. Para ser indicado o paciente precisa apresentar valores acima de 35 e ter complicações de saúde relacionadas ao sobrepeso. 

A análise é feita da seguinte forma:

  • IMC acima de 40: presença de comorbidades não é considerada; 
  • IMC entre 35 e 40:  é considerada a presença de comorbidades; 
  • IMC entre 30 e 35: presença de comorbidades sérias confirmadas pelo médico especialista.

Outro fator que pesa na prescrição da cirurgia como tratamento é a idade do paciente. Idades ente 18 e 65 anos geralmente não tem restrições, entretanto, acima de 65 e abaixo dos 18, é preciso uma avaliação rigorosa. 

A análise do quadro do paciente também é considerada pelo médico, que avalia as tentativas de emagrecimento sem sucesso, como realização de dietas e atividades físicas. Dessa forma, o acompanhamento por profissionais da saúde é indispensável. 

Quais as contraindicações da cirurgia?

Por ser uma cirurgia realizada como tratamento do sobrepeso, existem condições que impedem a prescrição. Nesse sentido, o paciente deve avaliar junto ao médico as formas para tratamento. 

As contraindicações da cirurgia bariátrica são: 

  • compulsão alimentar; 
  • doença cardíaca ou pulmonar grave; 
  • doenças inflamatórias do trato digestivo alto.
  • sofram com hipertensão grave; 
  • transtorno psiquiátrico, uso de drogas e vício em bebidas alcoólicas.

Como você percebeu, a cirurgia bariátrica é uma solução que proporciona grandes benefícios para a saúde. No entanto, ao decidir passar por esse procedimento é essencial ter o acompanhamento médico especializado, sobretudo para garantir resultados expressivos e ter melhor qualidade de vida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp