endoscopia

Como se preparar para uma endoscopia?

Dores abdominais, queimação no estômago, refluxo, náuseas e dificuldade para engolir são alguns sinais de doenças no trato digestivo. Para identificar o que está ocasionando tais sintomas, é recomendado o exame de endoscopia digestiva, que tem como objetivo analisar o esôfago e sua mucosa, o estômago e a primeira parte do intestino delgado.

O procedimento é realizado por um médico especialista e pode ser feito em clínicas, hospitais, laboratórios e consultórios equipados.

Como ela é feita?

Para que esse exame seja indolor, o paciente deve estar anestesiado. Além disso, a sedação também é usada para fazer o paciente dormir durante a análise.

O procedimento consiste na introdução de uma pequena câmera localizada na extremidade de um tubo flexível, chamado endoscópio, na boca do paciente. Esse tubo percorrerá alguns órgãos digestivos como esôfago, estômago e duodeno, registrando tudo o que encontra por ali: características de mucosas, gastrites, inflamações, sangramentos, úlceras, entre outros.

As imagens registradas pela câmera são transmitidas simultaneamente para o médico que captura os principais pontos a serem destacados.

Para o que ela é indicada?

O exame endoscópico é um procedimento muito usado na medicina. Ele serve para diagnosticar doenças que afetam o sistema digestivo, como gastrites, úlceras gástricas e duodenais, refluxo gastroesofágico, infecções, tumores benignos e malignos, estreitamento do esôfago, esofagite.

Além de diagnosticar, este exame é utilizado para biópsias e na detecção da bactéria de H. Pylori. A endoscopia também pode ser considerada terapêutica: por meio de uma adaptação em seu tubo, é utilizada também para a retirada de tumores e pólipos.

Casos como os de Doença de Crohn, gastrite crônica e outras patologias associadas ao sistema digestivo também utilizam desse tipo de exame com o objetivo de realizar o acompanhamento e evolução de tais doenças.

Como se preparar para uma endoscopia?

Para passar pelo procedimento, é necessário que o paciente siga importantes recomendações, com o objetivo de garantir a eficiência do exame. Por isso, o indivíduo que for passar pelo procedimento endoscópico deve:

  • Estar de jejum completo por 8 horas antes do exame. A recomendação é que não seja ingerido nenhum alimento líquido ou sólido.
  • Na noite anterior, é necessário que o paciente se alimente com comidas leves e de fácil digestão, evitando aquelas que podem contribuir para um processo digestivo vagaroso, como a carne vermelha.
  • Verificar com o médico se o uso de medicamentos que alteram a pressão ou a coagulação sanguínea devem ser interrompidos.
  • Não consumir bebida alcoólica e cigarros durante as 8 horas que antecedem o exame.

Outra recomendação importante é que o paciente não vá sozinho ao exame. A sedação pode provocar alterações e sonolência excessiva nas primeiras horas. Portanto, o paciente que se submeter ao procedimento não deve, também, dirigir ou retomar as atividades relacionadas ao trabalho, já que o sedativo interfere na tomada de decisões.

A endoscopia é um procedimento de extrema importância, que além de detectar patologias, é utilizada para o acompanhamento e tratamento de doenças. Porém, para passar pelo exame, é necessária uma série de cuidados para garantir a efetividade do diagnóstico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp