câncer de intestino

Quais são as chances de cura do câncer de intestino?

O câncer de intestino está entre os mais mortais no Brasil, conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA). Ou seja, as estimativas atualizadas apontam que, em 2020, teremos mais de 40 mil novos casos relacionados apenas a essa neoplasia. Para que você tenha uma ideia, este tipo de tumor, que se inicia a partir do intestino grosso, vitimizou mais de 18 mil brasileiros nos últimos anos, dos quais a maioria das vítimas foram mulheres. Apesar disso, vale salientar que a incidência desse tipo de patologia entre os homens não é muito distante daquilo que é observado entre as mulheres. Ou seja, enquanto a mortalidade entre os homens foi de 9.207, entre as mulheres esse valor foi de 9.660. Logo, a diferença entre esses perfis não é muito grande. Independentemente disso, o câncer colorretal ou câncer de cólon e reto, como também é conhecido, pode ser tratado por meio de cirurgia. No entanto, a descoberta precoce é o que aumenta as possibilidades de cura da doença. Então, se você quer descobrir quais são as chances de cura desse tumor, leia este artigo até o final.

Grupo de risco para o câncer de intestino

De modo geral, a idade avançada potencializa a chance de alguém desenvolver a doença. Ou seja, a partir dos 50 anos. Mas, não para por aí, uma vez que há outros indicadores importantes para serem levados em consideração, como:
  • excesso de peso;
  • consumo exagerado de alimentos industrializados;
  • histórico familiar da doença;
  • consumo de bebidas alcoólicas;
  • tabagismo.

Sintomas do câncer de intestino

Alguns sintomas são característicos do câncer de intestino, justamente por eles estarem frequentemente associados a esse tipo de neoplasia. Isso quer dizer que a presença de sangue nas fezes, além do desconforto ou dor abdominal já mostram alguns desses sinais. No entanto, a lista de indicadores também aponta para:
  • perda de peso sem motivo;
  • alteração intestinal (prisão de ventre, diarreia);
  • massa abdominal;
  • anemia;
  • fraqueza;
  • verminose;
  • hemorroida;
  • úlcera gástrica.

Como prevenir o câncer de intestino?

Primeiramente, a melhor forma de prevenção contra essa doença está na adoção de práticas saudáveis. Portanto, os exercícios físicos, aliados a uma alimentação saudável já contribuem significativamente. Por outro lado, os maus hábitos de vida, como tabagismo, excesso de bebidas alcoólicas e de comidas industrializadas, devem ser deixados de lado. Afinal de contas, isso aumenta o risco de manifestação da patologia. Vale ressaltar que outros pontos destacados nos sinais de alerta também devem ser considerados. Por isso, a consulta de rotina com o médico é fundamental para manter o controle.

Quais são as chances de cura da doença?

Quando o câncer é descoberto na fase inicial, o paciente tem cerca de 95% de chance de obter a cura. Por isso, a descoberta precoce é fundamental para que haja sucesso no tratamento. Apesar de essa medida ser imprescindível, 45% das pessoas não realizam o exame preventivo, considerado vital para esse processo. Ou seja, um exame de fezes, feito em checkup de rotina, pode aumentar as possibilidades de cura do paciente com câncer de intestino. Nesse sentido, qualquer pessoa entre 50 e 75 anos deve realizá-lo, a fim de que os resultados do tratamento sejam positivos. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp