Bypass Gástrico

Como é o Pós Operatório de Bypass Gástrico?

A cirurgia bariátrica é uma opção de tratamento para pessoas com obesidade que não obtiveram sucesso nas terapias conservadoras. Entre as diferentes técnicas cirúrgicas está o bypass gástrico.

Você já ouviu falar nele? Como é o pós-operatório? Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos os principais pontos a respeito do tema, com especial destaque para o pós-operatório.

O que é a cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é um procedimento cirúrgico utilizado para o tratamento da obesidade mórbida ou grave, com ou sem comorbidades. A técnica visa reduzir o tamanho do estômago e, em alguns casos, desviar o trânsito do intestino.

Ainda, a cirurgia bariátrica, também popularmente chamada de  “cirurgia de redução de estômago”, afeta a capacidade do órgão de receber alimentos, dificultando a absorção de um número elevado de calorias.

Normalmente, nosso estômago tem espaço para consumir de 1 a 1,5 litros de alimentos. Após passar pela intervenção cirúrgica, essa capacidade reduz para 25 a 200 ml. Com isso, acelera a produção do hormônio da saciedade, diminuindo a vontade de comer.

Para realizar a cirurgia bariátrica, o paciente precisa cumprir os requisitos estabelecidos pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) através da resolução nº 1.942/2010, que também autoriza a realização, no Brasil, apenas das técnicas bypass gástrico, gastrectomia vertical, derivação biliopancreática e banda gástrica.

O que é o bypass gástrico?

A técnica de bypass gástrico é uma das técnicas disponíveis para a realização da cirurgia bariátrica, sendo a mais realizada no Brasil, correspondendo a 75% de todos os procedimentos já executados. 

A principal explicação para esta procura pela técnica é a maior segurança e eficácia que oferece, além da possibilidade de redução de até 70% do peso inicial. A principal diferença desse tipo de cirurgia para as outras técnicas disponíveis é que, além do estômago, o intestino também sofre alterações que fazem com que o indivíduo reduza sua fome e coma menos.

Porém, por ser um método complexo e que envolve muitas transformações no trato digestivo do paciente, só são considerados aptos aqueles que tenham o Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 40 kg/m2 ou acima de 35 kg/m2, quando há alguma comorbidade.

Como é o pós-operatório?

A cirurgia bariátrica é um procedimento complexo, pois promove uma grande modificação no funcionamento do trato digestivo. Neste sentido, a técnica do bypass gástrico exige algumas medidas importantes no pós-operatório, tais como:

  • suplementação: para evitar déficits nutricionais, o paciente precisará fazer, durante toda a vida, uso de suplementos vitamínicos, pois ajudam na absorção nutricional necessária;
  • alimentação: nos primeiros 30 dias do pós-cirúrgico, a alimentação será líquida e em pequenos volumes. Após esse período, deve ser iniciada a dieta pastosa. Com cerca de 45 dias de pós-operatório, costuma ser autorizada a ingestão de alimentos sólidos em pequenas porções;
  • exercícios físicos: a prática de exercícios físicos não ajuda apenas na perda de peso, mas também impede que o paciente perca massa magra. Assim, não há redução da força muscular  e da sensação de vitalidade;
  • uso de medicamentos: para aliviar as dores e reduzir a formação de úlceras no estômago, o médico irá prescrever analgésicos e antiácidos líquidos;
  • acompanhamento multidisciplinar: o acompanhamento médico após a cirurgia bariátrica deve permanecer por toda a vida;
  • realização de exames: para acompanhar e medir o sucesso da cirurgia, o paciente precisará realizar exames periódicos para verificar os níveis de vitaminas, minerais, glicemia, condições cardiovasculares, respiratórias, circulatórias e a qualidade renal. 

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a técnica de bypass gástrico e os cuidados necessários no pós-operatório. Portanto, se você já se candidatou ao procedimento, siga todas as orientações médicas. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp