Azia

Azia: significado, causas e tratamentos

Existem diversas condições que podem se manifestar no sistema digestivo e interferir diretamente na dieta e qualidade de vida das pessoas que são afetadas. Um dos problemas mais comuns é a azia.

Trata-se de uma forma de indigestão caracterizada por sintomas bastante específicos, e cujos episódios podem ocorrer de forma frequente ou ocasional. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 20 milhões de brasileiros apresentam o problema, número esse que na realidade é mais alto, já que grande parcela das pessoas não procura ajuda médica quando os episódios dessa indigestão ocorrem.

Descubra o significado do sintoma azia, bem como suas causas e os tratamentos disponíveis. Boa leitura!

O que significa a Azia

O problema está ligado ao refluxo gástrico ácido, que está diretamente ligado à doença do refluxo gastroesofágico, que tem outros sintomas, como:

  • desconforto na parte de cima do abdômen;
  • sensação de queimação no peito;
  • gosto amargo na boca;
  • dor estomacal logo após a realização de refeições;
  • náuseas;
  • regurgitação do alimento.

Causas

A azia está diretamente ligada a um mau funcionamento da válvula muscular responsável por controlar o esfíncter esofágico. Esse mau funcionamento faz com que o ácido presente no estômago atinja o esôfago, chegando às vezes a subir para a garganta e mesmo a boca, causando a sensação de queimação.

No entanto, esse mau funcionamento está associado a fatores ligados ao estilo de vida, dentre eles consumo excessivo de bebidas com cafeína na composição, tabagismo, uso regular de certos medicamentos, consumir líquidos durante as refeições, consumo de bebida alcoólica, sobrepeso e alimentos que estimulam o refluxo, como cebola, pimenta e frutas cítricas.

Tratamentos disponíveis para azia

O tratamento empregado depende muito do paciente e pode ir desde medidas paliativas até o uso de medicamentos e cirurgia. No entanto, algumas recomendações são bem-vindas em todos os casos.

Dentre essas recomendações estão reduzir os níveis de estresse e ansiedade, diminuir a quantidade de comida ingerida durante as refeições, evitar frituras e alimentos muito gordurosos, evitar bebidas como o café e refrigerante, não ficar muito tempo sem ingerir alimentos e mesmo evitar deitar-se antes de até 40 minutos das refeições.

Quando essas medidas não são suficientes, pode ser necessário fazer uso de algum tipo de medicamento capaz de reduzir a acidez estomacal.

No entanto, os medicamentos só devem ser consumidos depois de recomendados por um médico, pois, quando a azia não é controlada da maneira correta, pode levar a quadros mais graves com necessidade de cirurgia.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp