5 cirurgias plásticas que podem ser realizadas após a cirurgia bariátrica

Entre 2011 e 2018, o número de cirurgias bariátricas no Brasil cresceu 84,7%, conforme dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). Isso significa que no espaço de 8 anos foram feitas mais de 400 mil operações desse porte aqui. Acontece que depois desse tipo de intervenção, na maioria dos casos, os pacientes são submetidos a outros procedimentos pós-cirurgia bariátrica. No entanto, as intervenções posteriores devem contar com aval da equipe médica da bariátrica, uma vez que alguns requisitos precisam ser levados em consideração. Dito isso, neste artigo destacamos os procedimentos necessários e recomendados nesse caso. Veja!

Lifting facial

A cirurgia no rosto ou ritidoplastia, como também é conhecida, é realizada no intuito de levantar o tecido da região da face. Como sabemos, depois do emagrecimento a pele fica mais fina e flácida. Portanto essa operação é indicada para eliminar a flacidez e retirar o excesso de pele. Nesse método o paciente é sedado e recebe anestesia local. Porém, em algumas situações a anestesia geral é requerida.

Abdominoplastia

A dermolipectomia abdominal também é usada para a retirada do excesso de pele, contudo essa técnica é implementada no abdômen. Por meio dessa cirurgia plástica conseguimos recuperar a firmeza dos músculos abdominais e remover a gordura localizada. Ressaltamos que esse não é um tratamento para a obesidade, mas uma forma de trazer mais qualidade estética e estrutural para o paciente que passou por uma cirurgia bariátrica. Nesse formato, a sedação é necessária e o paciente ainda é submetido a anestesia peridural ou raqui.

Lifting nos braços e nas coxas

Pelo mesmo motivo das outras cirurgias, o objetivo pós-bariátrica dessa intervenção também é a retirada de pele, que fica depois do emagrecimento. Afinal, os braços e as coxas são afetados pela redução do colágeno local e flacidez. Por isso é fundamental fazer a reacomodação dos tecidos nessas regiões, inclusive para redefinir o contorno corporal. Nesse formato a recuperação é mais demorada e a anestesia utilizada é a peridural, podendo ser requerida a local, dependendo do caso.

Mamoplastia

Essa cirurgia plástica é usada para transformar e modelar o formato das mamas, no intuito de deixá-las harmoniosas e proporcionais aos corpos dos pacientes. No que se refere ao pós-bariátrica, ela é usada para reduzir a quantidade de pele causada pela flacidez no processo de emagrecimento. Nesse caso a anestesia geral é a mais utilizada e o prazo de internação não ultrapassa 24 horas, salvo em situações complexas que necessitam de observação prolongada.

Contorno corporal

A operação visando o contorno corporal é importante porque, depois de perder tanto peso, os pacientes conseguem melhorar a forma, reduzir o excesso de pele e potencializar o tônus do tecido subjacente, que é justamente aquele que sustenta a pele e a gordura. Vale ressaltar que o procedimento implica anestesia geral e sedação intravenosa. Depois da cirurgia bariátrica, inevitavelmente, na maioria dos casos, as cirurgias plásticas são necessárias para remodelar e retirar a quantidade de pele gerada durante o emagrecimento. No entanto, embora essas intervenções sejam recomendadas, nenhum paciente deve tomar a iniciativa por si, já que é indispensável uma consulta com a equipe médica responsável pela operação de redução do peso. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp